8

Capelania da FACIT trouxe o tema do Setembro Amarelo para discussão

O suicídio é um mal que precisa ser falado, discutido amplamente. Por isso, a Capelania da Faculdade de Ciências do Tocantins – FACIT dedicou dois dias de atividades para debater sobre o Setembro Amarelo, uma campanha nacional que propõe um diálogo aberto sobre o suicídio e as formas de prevenção.

Os alunos participaram da palestra com o psicólogo Eduardo Pinto, que trouxe uma visão mais científica sobre o assunto, como identificar possíveis sinais e as formas mais adequadas de lidar com o suicídio.

“Aprendemos a nos colocar no lugar do outro, ouvir as pessoas que precisam. Essa foi a grande lição”, disse a aluna do 7º período de Odontologia e uma das organizadoras da Capelania, Caroline Alves Sousa.

A Capelania da FACIT é coordenada pelo professor e pastor Edvaldo Araújo de Sousa e acontece todas a quartas-feiras, às 9h40, no auditório do campus II da faculdade.